Faz Sentido

Faz Sentido canalizarmos os nossos esforços a favor de um bem comum.

Bem-vindo ao Faz Sentido

Seminário Maior

NOTÍCIAS

Naturezas Espirituais

Ao longo do atual ano letivo, os seminaristas do primeiro ano, juntamente com o ano propedêutico, desenvolveram e refletiram sobre várias temáticas relevantes no que diz respeito à espiritualidade. Guiados pela professora Alzira Fernandes realizaram-se vários encontros que foram permitindo uma melhor perceção do conceito de espiritualidade nas diversas ordens religiosas.

Naturezas Espirituais

Naturezas Espirituais

Espiritualidade

26 de Maio de 2020


No decorrer dos encontros tivemos, portanto, a oportunidade de conversar, nestes tempos pandémicos, virtualmente com um membro das diversas ordens religiosas onde nos foram esclarecidas todas as questões e curiosidades sobre esta temática

Primeiramente, tivemos a oportunidade de escutar as palavras do Pe. Marco pertencente à ordem dos carmelitas
; contamos também com a presença do Pe. Fernando Torres, padre diocesano; da ordem beneditina falou-nos o Pe. Luís Aranha; contactamos com o Frei Luís Oliveira acerca da ordem franciscana e, por último, tivemos connosco o jesuíta Pe. Bruno Nobre e alguns dos formandos desta ordem.

Desde já, é relevante dizer que todas estas ordens religiosas têm sempre aspetos que se interligam entre si e não diferenciam muito do caminho que cada um de nós está a seguir, caminho esse tendo em vista o sacerdócio diocesano. Em todos nós existe este sentido de espiritualidade, através das nossas comunidades, onde há uma entrega a Deus e um testemunho de vida como reflexão interior e exterior.  


No entanto, é claramente percetível que não são 
apenas as pessoas que integram uma ordem ou uma comunidade religiosa que têm a responsabilidade de fomentar uma espiritualidade e desenvolvê-la, pelo que todos nós temos o dever de crescer na espiritualidade cristã, para cuidar sempre e em qualquer momento. De certo modo, tudo aquilo que fazemos é espiritual, tudo é estar em contacto com Deus e perceber que o nosso crescimento interior é tão ou mais relevante que o crescimento exterior. Deus deu-nos vários dons e um deles foi a capacidade de podermos cultivar em nós a semente do Espírito, que, bem cuidado, dará grandes frutos. 

Todos estes encontros em muito serviram e ajudaram para esclarecer cada uma das nossas dúvidas, compreendendo que o caminho faz-se caminhando, e que o Espírito deve ser fundado em boas bases, criando grandes raízes dentro de nós para conseguirmos ser envoltos na verdadeira essência de Deus.

As fotos são da Imagem de Santo Inácio de Loyola
(fundador da Companhia de Jesus - Jesuítas)
que se encontra na Igreja de São Paulo
(Seminário Conciliar de Braga).
Fotos Aqui
 

José Alves, 1º Ano; Fotos: Rui Machado